Metalúrgicos encerram
difícil Campanha


*Junior Santana
Assessoria de Imprensa do Sindicato

Depois de uma Campanha Salarial diferenciada metalúrgicos garantiram o reajuste.

A Campanha deste ano foi diferente de todas as demais ocorridas nos anos anteriores, principalmente pelas mudanças trazidas pela reforma trabalhista e a situação da conjuntura econômica, que trouxe grandes dificuldades nas negociações em função da grave crise vivida no país e pelo desemprego, particularmente no setor industrial. Os metalúrgicos conseguiram avançar nessa difícil jornada de lutas e garantiram o reajuste salarial de até 1,83% e abonos de 15%. “Apesar das dificuldades avançamos na negociações com os grupos patronais e preservamos muitos direitos dos trabalhadores através da nossa Convenção Coletiva para o ano de 2018”, declarou o presidente Marcos Donizete.